Agência Fluvial da Marinha firma parceria com o Município e vai ofertar cursos profissionalizantes

Quarta, 22 de Maio de 2019

Secretaria de Turismo e Empreendedorismo

Aconteceu nesta quarta-feira (22), uma importante reunião no prédio da Secretaria de Turismo, Cultura e Empreendedorismo – Anexo a Casa de Cultura Professor Antônio Barbosa. O encontro ocorreu para que uma parceria de extrema importância para o Município fosse firmada entre a Agência Fluvial da Marinha e a Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa.

 

Estiveram presentes na ocasião o Capitão André Mateus e o Suboficial André Luiz, representantes do comando da Marinha na região, além da secretária de turismo, cultura e empreendedorismo, Edna Rosa Oliveira.

 

No intuito de um acordo benéfico para os moradores, formando profissionais capacitados e habilitados para o mercado de trabalho, a Agência Fluvial irá realizar no início do mês de junho dois cursos profissionalizantes para formação de aquaviário, que é o profissional habilitado para operar e auxiliar embarcações. O ingresso nessa carreira é feito por meio de cursos, aulas e treinamentos práticos que são realizados pela Marinha.  

 

 

Os cursos oferecidos para os moradores de Bom Jesus da Lapa serão para Pescador Profissional e para Auxiliar Fluvial de Marinheiro. A parceria firmada entre as instituições vai ofertar 70 vagas para a formação de novos profissionais, dividindo 35 vagas para cada classe. As inscrições e o curso são ofertados de forma gratuita, com a matrícula podendo ser feita na sede da Marinha, localizada ao lado dos Correios em Bom Jesus da Lapa, já a partir do dia 27 de maio.

 

A formação é aberta para ambos os sexos, podendo instruir, diplomar e certificar homens e mulheres no setor aquaviário. O curso tem previsão para sua aula inaugural no dia 03 de junho. Com uma carga horária de 60 horas, após dez dias de aulas e treinamentos, no dia 13 de junho, o curso se encerra e acontecerá a formatura dos novos Pescadores Profissionais e Auxiliares de Marinheiro credenciados e habilitados para o trabalho nas embarcações.

 

Para a realização da inscrição, é necessário levar até a sede da Agência Fluvial alguns documentos, tais como RG, CPF, comprovante de residência, carteira de reservista ou atestado de alistamento (para os homens), atestado médico (modelo oferecido pela Marinha), título de eleitor e duas fotografias no tamanho 5x7. As matrículas para ambos os cursos estarão abertas do dia 27 e se encerram no dia 31 de maio, para que no dia 03 de junho o curso possa iniciar. O local das aulas será na Escola Municipalizada São José, na Avenida Manoel Novaes e o horário do curso será das 13:00 horas às 18:00 horas durante toda a semana.

 

Desta forma, a Agência Fluvial e a Secretaria de Turismo, Cultura e Empreendedorismo nesta parceria, já visam uma melhoria nos serviços na época de romaria, onde a quantidade de turistas aumenta bastante e é necessária uma maior assistência nas áreas da Barrinha, da Coroa e em passeios no Rio São Francisco, que é uma prática comum entre os turistas e romeiros que visitam a terceira maior romaria do país.

 

O curso tem a intenção de formar profissionais para a melhoria da segurança dos turistas, evitando acidentes, organizando o tráfego aquaviário e habilitando-os para atuarem em alguns casos. A capacitação, além da parte teórica, irá repassar noções de primeiros socorros, combates a incêndios e formando o capacitado para manutenções e funcionamentos dos motores das embarcações que são regularizadas pela Marinha para as navegações pelo rio.

 

Com disponibilidade e a fim de prestar serviços ao Município, a Marinha do Brasil se comprometeu em realizar a formação, inserindo vários cidadãos e cidadãs no mercado de trabalho e transformando-os em multiplicadores de conhecimento adquirido através do curso. Além disso, a Marinha estará fomentando ainda mais a mentalidade da segurança nas navegações em águas fluviais. De acordo com o Comandante (Capitão André Mateus) e do Coordenador dos Cursos (Suboficial André Luiz), com um trajeto de mais de 500 quilômetros de controle, a Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa (base oficial da região) fomenta essa prática e oferece esses e outros cursos profissionalizantes para toda a região banhada pelo Rio São Francisco, realizando um trabalho de extrema importância para a diplomação de profissionais e para a geração de empregos diretos.


MURILLO CAMPOS - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Últimas Notícias