W3C

Em conformidade com:

Cultura
Superintendente de Cultura de Bom Jesus da Lapa é voz ativa em prol da Lei Nacional de Emergência Cultural
19/05/2020

Superintendente de Cultura de Bom Jesus da Lapa João Paulo Lelis Pereira foi eleito Vice-Presidente 2020 do Fórum dos Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia.

 

Antes da pandemia do Coronavírus provocar o isolamento social, dia 13 de março de 2020, na cidade Simões Filho ocorreu uma reunião com os Dirigentes Municipais de Cultura do Estado da Bahia. Nessa reunião ocorreu uma assembleia na qual Secretários e Dirigentes de Cultura dos 27 Territórios de identidade votaram a mudança de Associação dos Dirigentes Municipais de Cultura para Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia.

 

Além dessa mudança foi votado a nova Diretoria Executiva, onde o Superintendente Municipal de Cultura de Bom Jesus da Lapa, João Paulo Lelis Pereira foi eleito a Vice-Presidente do Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura do Estado da Bahia. Lelis também concorreu a uma cadeira no Conselho Estadual de Cultura da Bahia, onde também foi eleito. Saindo dessa reunião como Conselheiro Territorial do Velho Chico, Vice Presidente do Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura e Conselheiro Estadual de Cultura da Bahia.

 

Já nesses postos, participou de uma assembleia virtual com o objetivo de discutir o cenário atual que atravessa o fazer cultural do Brasil nesse período de pandemia decorrente ao Covid-19. Atuante encabeça juntamente com o Presidente do Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia, David Willyan Troína dos Santos, Diretor de Cultura da Cidade de Valença e todos do Colegiado a carta em apoio a Lei Nacional de Emergência Cultural.

 

Além disso o mesmo esteve presente na Web Conferência da Lei Emergencial da Cultura, no dia 18 de maio, onde fez o seu Pronunciamento em nome do seu Presidente David Terra, do Prefeito Eures Ribeiro, e de toda a cadeia cultural municipal. Fortalecendo o municipalismo, o fomento à cultura, e a retomada do SMC como base de enfrentamento, melhoramento do FPM e garantias do fazer cultural.

 

Lelis representou a força da cultura de todos os municípios baianos, demonstrando que cada local tem a sua importância cultural para toda a sociedade, que cada especificidade de todos os locais, sejam as cidades pequenas ou grandes que formam a identidade cultural de todo território nacional.



Autor: Earvin Andrade - ASCOM