W3C

Em conformidade com:

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
Vigilância e prevenção com cheia do Rio São Francisco
13/03/2020

 

Desde o início do ano o rio São Francisco está vivendo uma grande cheia, a maior desde 2007, devido às chuvas no norte de Minas Gerais e também no decorrer do leito do rio, além da abertura de barragens fez com que o nível da água ficasse cada vez mais alto.

 

Tendo em vista essas cheias, houve uma reunião com Ten. Maximiniano 38º CIPM, CREA-BA, Agência Fluvial da Marinha de Bom Jesus da Lapa, Associação de vaqueiros, secretário de finanças Gildásio Júnior, representante da defesa civil, secretário do meio ambiente Lucio Flavio.

 

Nessa reunião ficou definida uma equipe de prontidão para monitoramento e resgate, pois há possibilidade de continuar a subida do nível do rio até sábado, terá uma embarcação disponível para remoção dos moradores, principalmente na Ilha da Canabrava (7km da sede), onde existe cerca de 159 residências.

 

Apesar do rio não ter invadido nenhum bairro da sede, algumas pequenas ilhas perto da cidade já sofrem com a cheia, exemplo a Ilha do Banco do Jogo, mas não ocasionou grandes perdas materiais, já que a maioria das pessoas tem residência na (sede) cidade.

 

Após essa reunião, já houve visita a Ilha da Canabrava e verificou que não há necessidade de retirada dos moradores para abrigos da cidade, mas ainda existe o monitoramento desde as informações vindas de Minas Gerais a medição aqui no município, e embarcações preparadas para caso seja necessário o deslocamento de pessoas pelo rio.

  

Outro monitoramento que está sendo feito é em relação ao rio invadir a rede de esgoto através do cais, e acabar ocasionando problemas nos encanamentos, principalmente no bairro Nova Brasília, onde já teve registros no passado de pressão nos encanamentos devido a invasão do rio.

 

Com a diminuição da vazão da usina Três Marias em Minas Gerais, o nível do rio já começou a estabilizar e a previsão é de que após o final de semana comece a reduzir de pouco em pouco gradativamente.

 

Assim sendo as medidas preventivas e de vigilância estão ocorrendo com muito zelo e caso tenha necessidade de uma ação maior as autoridades estão de prontidão, para garantir a segurança e bem-estar da população.  



Autor: Earvin Andrade - ASCOM