Estrutura da Romaria 2018: Saiba como a cidade se organiza para acolhida aos turistas - Notícias - Prefeitura de Bom Jesus da Lapa - Site Oficial

Estrutura da Romaria 2018: Saiba como a cidade se organiza para acolhida aos turistas

Sexta, 03 de Agosto de 2018

Secretaria de Turismo e Empreendedorismo

A Romaria de Bom Jesus da Lapa é uma das maiores festas religiosas do Brasil e inicia para a cidade e para os moradores bem antes dos dias oficiais dos festejos do Bom Jesus no mês de agosto e da Nossa Senhora da Soledade em setembro.

 

O Município se prepara para bem antes para a acolhida aos turistas, aumentando a demanda para hoteleiros, comerciantes, donos de estabelecimentos e também aos moradores. Além disso, a Prefeitura Municipal forma uma série de equipes para ajudar na organização, logística e no auxílio ao turista durante os dias de grande contingente na cidade.

 

Na entrada da cidade, próximo ao portal de boas-vindas ao turista, foi criada uma espécie de Barreira Sanitária, como o ponto inicial da estadia, servindo para orientar os turistas, fiscalizar os veículos e dar suporte sobre higiene, limpeza e boa convivência nos dias na cidade, além da distribuição de folhetos, guias e mapas.

 

Além disso, juntamente com a barreira sanitária, no portal de entrada a Polícia Militar fiscaliza a entrada e saída de veículos de turistas e estão no comando da segurança nos dias de festa, recebendo o apoio de outras corporações como a Polícia Civil com uma delegacia móvel para ocorrências e os grupos de Operações Especiais, que chegam de outras cidades, dando suporte a população e ao romeiro para que a acolhida seja segura e sem maiores problemas.

 

No entorno da cidade, nas ruas de acesso da esplanada da Gruta do Bom Jesus, na Praça Marechal Deodoro, no entorno do Mercado Municipal e outros pontos turísticos, a Guarda Municipal tem feito um trabalho de controle do trânsito.

 

A cidade também recebe esses dias uma equipe de militares do Corpo de Bombeiros, que chegou na manhã desta terça-feira (01). O grupo irá ficar na cidade durante o período da Romaria, conforme é feito todos os anos, com a proposta de garantir a tranquilidade dos banhistas no Rio São Francisco e atender chamados da população em situações específicas. De acordo com o Sargento Miranda, comandante da Guarnição, o grupo de bombeiros irá atuar durante toda Romaria do Bom Jesus, atendendo todo tipo de ocorrência que seja necessário a atuação da equipe. E que além das áreas de banho do Rio São Francisco, que são lugares que precisam de uma atenção especial, o atendimento vai ser em qualquer área da cidade, dependendo da eventualidade. Quem precisar do atendimento precisa entrar em contato com o DISEP (Distrito Integrado de Segurança Pública) de Bom Jesus da Lapa, que imediatamente envia o comunicado a equipe.

 

Além do investimento em segurança, a Prefeitura Municipal mobilizou equipes das secretarias para um trabalho de atendimento e auxílio ao turista durante toda a romaria. Na Praça Marechal Deodoro e no entorno das ruas da Gruta do Bom Jesus, é feito o Plantão Social, que é realizado por uma equipe destinada pela Secretaria de Assistência Social, com o objetivo de combater a exploração de trabalho e abuso sexual infantil e a doação de esmola. Essa ação foi intensificada no período da romaria, para alertar a população local e os visitantes e chamar a atenção para os altos índices de violação dos direitos da criança e do adolescente. Além disso, o ponto de apoio serve como um trabalho social, direcionando o romeiro e o turista, ou crianças que se perderam da família e também em questões que envolvem saúde e primeiros socorros.

 

A Secretaria de Turismo e Empreendedorismo, além de cuidar da logística e da organização da Romaria 2018 junto com a equipe do santuário, organizou a Feira do Empreendedor, situada na Praça Marechal Deodoro. Essa é uma boa oportunidade para conhecer as técnicas de produção e negócios dos moradores de Bom Jesus da Lapa. Além disso, a Feira do Empreendedor também é um espaço que demonstra a rica cultura de nossa região, com fotos, quadros, artesanato, brindes, comidas, bebidas e os mais variados presentes que o romeiro pode levar da cidade como uma lembrança.

 

Já a Secretaria de Meio Ambiente tem cuidado da fiscalização ambiental e sonora nesse período, inibindo a poluição e presente diariamente nas ruas, com colaboradores e fiscais, para que o som alto e a sujeira não causem danos ao morador e ao turista.

 

O SAAE (Serviço Autônomo e Água e Esgoto) nesta romaria estará sediado na Praça Marechal Deodoro, com um stand de abastecimento de água e de orientação aos romeiros sobre a preservação e a economia, para que a cidade não sofra nesses dias.

 

Além de todo o trabalho de logística, organização, fiscalização e segurança, Bom Jesus da Lapa oferece nesse período uma série de pontos turísticos, que aumenta de maneira significativa o número de pessoas, dando ao comerciante e empreendedor da cidade, além do setor de hotéis, grandes oportunidades. O romeiro tem lotado a coroa para um banho de rio, a barrinha para uma degustação das comidas típicas e dos peixes da região, a ponte sobre o Rio São Francisco para visitação, A Praça da Catedral Nossa Senhora do Carmo, o Shopping dos Romeiros, o novo Mercado Municipal que já virou um ponto turístico e de reunião, além de claro, a tradicional Gruta do Bom Jesus e o Morro da Esplanada, que são passeios principais do itinerário do turista.


MURILLO CAMPOS - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Últimas Notícias