W3C

Em conformidade com:

Secretaria de Meio Ambiente
Aconteceu em Bom Jesus da Lapa uma audiência pública para falar de danos da tragédia em Brumadinho no rio São Francisco
04/04/2019

 

 

 

 

 

Através da União dos Municípios da Bahia, no qual o prefeito Eures Ribeiro atualmente preside a entidade, foi realizada em Bom Jesus da Lapa, no auditório do Colégio Modelo, uma audiência pública, com participação popular e Ministério Público, para um amplo debate sobre os efeitos tóxicos e os impactos no Rio São Francisco e afluentes, após o rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais.

 

 

 

 

 

O oeste baiano e cidades vizinhas a Bom Jesus da Lapa podem sofrer com a lama tóxica. A iniciativa desta audiência partiu do Ministério Público, pois conforme o órgão, existe o risco de a lama de rejeito de minérios atingirem a calha do rio no estado da Bahia.

 

 

 

 

Com a presença de prefeitos, vice-prefeitos e secretários das cidades vizinhas como Correntina, Santa Maria da Vitória, Serra do Ramalho, Carinhanha, Cocos, Coribe e algumas outras, o evento lotou o auditório do Colégio Modelo e contou com palestras de técnicos do MP, para que a população esteja informada dos perigos oferecidos pelo agronegócio e por empresas como a Vale do Rio Doce, grande responsável pela tragédia que acabou com vidas em Brumadinho, e tem afetado rios e afluentes, com resíduos de lama tóxica e minérios.

 

 

 

 

 

Através de esclarecimentos e projetos que visam salvar o rio, além de conscientizar a população, o encontro foi marcado pela presença de gestores de Municípios que estão sendo afetados diante do panorama de possíveis impactos ao Velho Chico.

 

 

 

 

 

Após laudos e pesquisas, existe um grande risco da afetação da qualidade da água e de danos ao povo da região. A importância do evento não foi só de apenas passar a informação desses perigos adiante, mas de também conscientizar a população, crianças e alunos de escolas que estiveram marcando presença na audiência.

 

 

 

 



Autor: Murillo Campos - Assessoria de Comunicação